FICHA DE INSCRIÇÃO



INICIAR SESSÃO



Pesquisa de Associados
















Mentoring



Integrating recent graduates into the job market is an increasingly complex challenge. In the translation/interpreting sector, this challenge has taken on even greater proportions. APTRAD’s mentoring programme aims to help translation finalists and recent graduates to settle into the profession and at the same time, give them access to already established translators and interpreters.

Mentoring is a professional and personal development relationship in which the mentor (a more experienced professional) assists the mentee (a recent graduate) in their professional growth. Good practice, advice and the most suitable tools to assist the mentee’s integration into the market are the pillars of a beneficial relationship for both parties.

It is therefore hoped that via an informal relationship of trust and guidance, the mentors will advise and guide future and new colleagues as they take their first steps towards entering the job market.

At the heart of this mentoring programme is the voluntary collaboration of professionals who will dedicate their time to this initiative. We have therefore established some guidelines which set out each party’s responsibilities. This will ease the first contact and prevent false hopes from being created.

  • Share knowledge about the profession;
  • Describe their career path sincerely, the successes and decisions they would change;
  • Create a welcoming and open atmosphere;
  • Be available to the mentor and communicate regularly with them (at least 2 hours per week);
  • Be an active listener;
  • Share all the opportunities you consider beneficial to the mentee;
  • Present the mentee to other professionals and facilitate networking.

  • Accept advice and feedback in a non-defensive way;
  • Be realistic about the expectations placed on the mentor;
  • Understand the mentor’s expectations of you;
  • Plan and organise your time for each meeting with the mentor;
  • Explore the opportunities raised by the mentor;
  • Do not wait for the mentor to do your work.

  • Contribute to promoting the translation and/or interpreter profession;
  • Gain personal satisfaction from the fact that they are contributing to a young person’s professional development;
  • Increase opportunities for creating a network of contacts for future partnerships;
  • Peer recognition for providing guidance and advice to future colleagues.

  • Capitalise on the mentor’s knowledge about training, sectors, specific areas, marketing, etc.;
  • Become familiar with the mentor’s career path, their successes and failures and decisions they would change;
  • Be made aware of opportunities which otherwise might go unnoticed;
  • Increase the opportunities of networking with other professionals.




A inserção de jovens licenciados no mercado de trabalho é um desafio cada vez mais complexo. No setor da tradução/interpretação, esse desafio assume proporções ainda maiores. O programa de mentoring da APTRAD visa ajudar os alunos finalistas e os recém-licenciados em tradução a enquadrarem-se na profissão e, ao mesmo, tempo, promover a sua aproximação a profissionais já estabelecidos.

O mentoring traduz-se numa relação profissional de desenvolvimento e evolução pessoal em que o mentor (profissional mais experiente) ajuda ao crescimento profissional do mentorado (recém-licenciado). As boas práticas, os conselhos e as ferramentas mais adequadas para auxiliar a inserção no mercado do mentorado serão o mote para uma relação benéfica entre ambas as partes.

Assim, pretende-se que, através de uma relação informal de confiança e orientação, os mentores aconselhem e orientem os futuros e novos colegas nos seus primeiros passos de inserção no mercado de trabalho.

Este programa de mentoring baseia-se na colaboração voluntária de profissionais que irão dedicar algum do seu tempo a esta iniciativa. São, por isso, aqui estabelecidas algumas linhas orientadoras que definem as responsabilidades de cada uma das partes, de modo a facilitar os primeiros contactos e evitar a criação de falsas expectativas.


  • Partilhar conhecimentos sobre a profissão;
  • Descrever sinceramente o percurso da sua carreira, os sucessos e as decisões que mudaria;
  • Criar um ambiente aberto e acolhedor;
  • Estar disponível para o mentorado e comunicar regularmente com ele (2 horas por semana, no mínimo);
  • Ser um ouvinte ativo do mentorado;
  • Partilhar com o mentorado todas as oportunidades que entenda serem benéficas para este último;
  • Apresentar o mentorado a outros profissionais e facilitar o networking.

  • Aceitar conselhos e feedback de um modo não defensivo;
  • Ser realista nas expectativas colocadas no mentor;
  • Compreender as expectativas do mentor relativamente a si;
  • Planear e organizar a sua agenda para cada encontro com o mentor;
  • Explorar as oportunidades levantadas pelo mentor;
  • Não esperar que o mentor faça o seu trabalho.

  • Contribuir para a promoção da profissão de tradutor e ou intérprete;
  • Obter satisfação pessoal pelo facto de estar a contribuir para o desenvolvimento de um jovem profissional;
  • Aumentar oportunidades de recolha de bolsa de futuros colaboradores;
  • Obter reconhecimento junto dos pares pelo trabalho de orientação e aconselhamento prestado a futuros colegas.

  • Aproveitar os conhecimentos do mentor sobre formação, setores, áreas específicas, formas de divulgação, etc.;
  • Conhecer o percurso da carreira do mentor, os seus sucessos e insucessos, decisões que alteraria;
  • Ser alertado para oportunidades que, de outra forma, lhe poderiam passar despercebidas;
  • Aumentar as possibilidades de networking com outros profissionais.


Inscreva-se no Mentoring da APTRAD Mentores Mentores Mentores


Galeria de Imagens

Contactos

Morada: Apartado 1554
4401-801 Vila Nova de Gaia

Telefone: +351 913 437 722
E-mail: geral@aptrad.pt

Envie uma mensagem